ATIVIDADES:

1. Atividades relacionadas com a Pesquisa e Documentação Ambiental e Histórica

1.1 Centralização, organização, catalogação e digitalização dos documentos (livros, revistas, mapas, fotos, vídeos, depoimentos e textos) já recolhidos pela comunidade. Criação de um acervo.

1.2 Ampliação deste acervo com o resultado das novas pesquisas que serão realizadas no Arquivo Geral do Estado, Arquivo Municipal, nas Bibliotecas da USP (Faculdades de Arquitetura, História e Geografia), no Museu de Arqueologia, no Instituto de História e Geografia de São Paulo, em Cartórios de Registro de Imóveis, internet e outros.

1.3 Ampliação deste acervo com fotos e filmagens atuais do “Peabiru no trecho da Vila Pirajussara” (suas ruas, avenidas, a fachada das casas, a Chácara, a Fonte e a Bica).

2. Atividades relacionadas com a criação e apresentação do espetáculo multilinguagem “Peabiru, O Caminho Suave”

2.1 Criação do roteiro, textos, músicas e coreografias do espetáculo. Estas atividades serão realizadas coletivamente, integrando pesquisadores e artistas, e dinamicamente, à medida que se desenvolvem as pesquisas e os ensaios.

2.2 Seleção de 10 jovens sem experiência em artes cênicas, moradores do Butantã interessados em participar do elenco.

2.3 Preparação do elenco (expressão corporal, vocal e laboratórios do ator).

2.4 Preparação do cenário, figurino, efeitos visuais e maquiagens.

2.5 Agendamento das apresentações nos teatros do CEU Butantã, Educandário Dom Duarte, Casa de Cultura do Butantã, EMEF Desembargador Amorim Lima e Centro Cultural do Instituto Butantã.

2.6 Locação dos equipamentos de som e luz, com respectivo operador.

2.7 Montagem do espaço cênico.

2.8 Preparação dos camarins (com água, frutas, salgados, doces e café).

2.8.1 Preparação da recepção ao público.

2.9 Desmontagem do espaço cênico.

3. Atividades relacionadas com o Simpósio Nacional “Juntos no Peabiru” que será realizado no Auditório do Instituto Butantã.

3.1 Elaboração da lista de palestrantes. Por enquanto, temos as seguintes referências: o Instituto Peabiru (que fica em Belém do Pará), o Instituto de História e Geografia de São Paulo (onde o Prof. Jorge Abe ministra cursos sobre o Peabiru), um grupo subvencionado pelo governo de Santa Catarina em parceria com o IPHAN, que pesquisa um trecho do Peabiru localizado em Santa Catarina, e o Prof Gustavo Rocha que pertence ao Depto de História da FAU-USP com várias pesquisas publicadas..

3.2 Até 3 palestrantes podem ser trazidos de outros estados.

3.3 Preparação da lista de convidados.

3.3 Preparação do texto de abertura.

3.4 Preparação da infra-estrutura (equipamento de som, água e café)

4. Divulgação dos eventos Espetáculo e Simpósio

4.1 Contratação da Assessoria de Imprensa

4.2 Programação Visual dos cartazes, filipetas, folders, banner e camisetas para a produção do evento (o folder será utilizado no Simpósio para qualificar os palestrantes, as pesquisas e o projeto).

4.3 Impressão dos cartazes (100), filipetas (5.000) e folders (300)

4.4 Afixação dos cartazes e distribuição das filipetas

4.5 Preparação do mailing, da mensagem e fazer a divulgação pela internet.

Obs: A comunidade será convidada para assistir e participar do simpósio.

5. Criação e publicação de web-site

5.1 Contratação de um web-designer

5.2 Reserva de domínio e contratação de um Servidor para manter o site no ar por um período de 2 anos.

5.3 Desenvolvimento do site cuja página principal (Home Page) apresenta um mapa da região com a localização da Chácara, da Fonte, da Bica, da Pracinha, da Estação Butantã do Metrô e outros pontos que quando clicados levam às informações coletadas sobre eles. No roda-pé da página, um menu com as seguintes opções: “Institucional”, “Parceiros”, “Eventos”, “Agenda” e “Fale Conosco”.

5.4 Previsão de estrutura que permita a inclusão de informações recebidas em decorrência da publicação dos trabalhos .

Comments are closed.